Liçao 11 - Dois Inteiros ou Duas Metades?



Texto Aureo: O meu amado meteu a sua mão pela fresta da porta, e o meu
 coração estremeceu por amor dele. Cantares 5.4

Texto Bíblico Básico: Cantares de Salomão: 5.1-3, 5-10







CANTARES DE SALOMÃO: UM LIVRO DE AMOR, SEXO E POESIA

Este livro foi inspirado pelo Espírito Santo e inserido nas Escrituras para ressaltar  a origem divina da alegria e dignidade do amor humano no casamento. O livro de Gênesis revela que a sexualidade humana e casamento existiam antes da queda de Adão e Eva no pecado. Embora o pecado tenha maculado essa área importante da experiência humana, Deus quer que saibamos que a dita área da vida pode ser pura, sadia e nobre. 

O SEXO, O AMOR E O CASAMENTO: HISTORIA E FUTURO

A sexualidade. O sexo é uma bênção que Deus deu à humanidade. O pecado não está nele, mas na distorção de sua prática, da mesma forma como ocorre com outras atividades prazerosas. A  Bíblia contém muitas lições preciosas sobre esse assunto e podem enriquecer nossa vida de forma maravilhosa. Não ler Cantares de Salomão é desperdiçar um verdadeiro tesouro! Quem é casado, deve desfrutar uma vida sexual saudável, quem ainda não é, deve buscar a  Deus para encontrar e pessoa certa e esperar pelo casamento para desfrutar a bênção do sexo, porque esta é a orientação inegociável para os filhos de Deus!

Deus é Deus de ordem. Contemplamos a criação e percebemos que tudo tem o seu papel, o seu lugar, tudo atende a uma necessidade, e está em equilíbrio e harmonia com o restante. Infelizmente, muitas pessoas não se preparam para um passo tão importante na vida como o casamento. Precipitam-se porque estão apaixonadas, porque querem sair da casa dos pais,  porque desejam ter uma vida sexual ativa, ou por outros motivos. Casamentos celebrados assim estão fadados a problemas, decepções e ao fracasso. Precisamos aprender com a sabedoria do Livro dos Livros sobre o que é necessário para iniciarmos a vida de casados de forma plena. 

O casamento foi instituído por Deus com vistas à pureza da família e a formação de uma sociedade justa e ordeira. Ele está fundamentado na vontade divina, segundo a qual Deus criou o homem e a mulher, dois sexos distintos, com atração natural um  pelo outro. Sendo o casamento um acontecimento de origem divina, merece ser encarado com o mesmo respeito que se deve a todas as coisas sagradas (Hb 13.4). É um passo decisivo e  começo de uma jornada que pode durar longos anos. Este é o propósito de Deus e é esperança daqueles que se casam, que a vida conjugal seja, em todos os dias, assinalada de alegria, de prosperidade e felicidade. 

Amor e casamento: expectativas sexuais. Poucos assuntos estão tão cercados de tabus  entre os crentes como o sexo. As opiniões oscilam desde o que é pecado ou não, até algumas pessoas casarem-se por estarem abrasadas e não suportarem mais manter os elevados padrões morais cristãos do namoro ou noivado.Como tudo o mais, a instrução bíblica é a forma como adquirimos  o conhecimento válido sobre esse assunto. A Bíblia fala sobre sexo. No Livo de Cantares ele é vividamente retratado com0 uma das mais bonitas manifestações de amor entre o casal, e sempre é abordado de uma forma prazerosa, alegre e digna (Ct 1.13,16; 4.3; 7-10. Deus criou o casamento para atender a vários propósitos, dentre os quais se destacam a procriação e a necessidade de convivência. Mas, para o casal, o sexo pode ir além da procriação e constituir uma parte da vida e da intimidade. Infelizmente, o mau uso do sexo é que traz consigo as consequências desastrosas à vida humana que temos vivido nos nossos dias.

Companheirismo mútuo. Deus disse: "Não é bom que o homem esteja só". Ninguém acha bom estar só. Companheirismo é o objetivo primário do casamento - a fusão de duas pessoas, uma unidade harmônica e criativa de alma e corpo. O casamento é uma associação de duas vidas, com um só ideal, as quais devem ser iguais em valores e devem complementar uma à outra (Gn 2.20). Com o casamento se evidencia, sem restrição, o amor mútuo, que gera o senso de pertencer um ao outro, o desejo de ajudar e procurar o ajustamento necessário, como companheiro da mesma sorte. As lutas, as vitórias, os problemas e as alegrias são comuns a todos no lar. O casamento exige dos cônjuges c cumprimento, com dignidade, das promessas de de amarem, honrarem, protegerem, e de serem fiéis, reciprocamente, até que a morte os separe!


FONTES DE PESQUISA

Revista lições Bíblicas - Ed. CPAD - 3 Trimestre de 1987
Revista Semeando a Palavra - Ed. IDEALL Produções
Bíblia de Estudo Pentecostal - Ed. CPAD

IMAGENS ILUSTRATIVAS

www.google.com



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lição 02 - Aliança Edênica e Aliança Adâmica

Lição 03 - Os Dois Ícones da Igreja Primitiva

Lição 12 - Ciúme, o Cabo da Tormenta