Galera de Cristo 11 - Para Tudo Há uma Ocasião Certa


"Para Tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu: tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar". Eclesiastes 3.1,7

Hora da Verdade: Josué 14.6,7,9-14


PAPO SÉRIO

CALEBE, UMA BIOGRAFIA RESUMIDA

Calebe era filho de Jefoné e pertencia à tribo de Judá. Moisés o escolheu para representar a sua tribo no grupo de doze homens (um de cada tribo), enviados para espiar Canaã. (Nm 13.6). A terra que viram era muito fértil; trouxeram grandes cachos de uvas e relataram sobre a riqueza e a prosperidade da região; entretanto, descobriram que a área era também ocupada por povos temíveis - principalmente descendentes do gigante Enaque, que viviam próximos a Hebrom. Dez dos espias voltaram desapontados e convencidos de que jamais conseguiriam vencer uma batalha contra aqueles povos, por isso voltaram-se contra Moisés. Os israelitas ao ouvir o relatório, argumentaram que seria melhor terem ficado no Egito (Nm 13.26-29; 13.31 a 14.4). De todos os espias, somente Josué e Calebe tiveram fé suficiente em Deus para saber que Ele os capacitaria a conquistar Canaã. Primeiro, deram um relatório alternativo a Moisés e então apelaram para o povo. A total confiança deles na soberania do Senhor foi proclamada em voz alta diante de todos nesse discurso: "A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muito boa. Se o Senhor se agradar de nós, então nos fará entrar nessa terra, e no-la dará. É uma terra que mana leite e mel. Tão somente não sejais rebeldes contra o Senhor, e não temais o povo desta terra, porque como pão o devoraremos. A proteção deles se foi, mas o Senhor está conosco. Não os temais" (Nm 14.7-9). Como castigo sobre o povo pela falta de fé, toda aquela geração foi impedida de entrar em Canaã; gastaram o resto da vida "vagando" pelo deserto (Nm 14.22,23). Somente Calebe e Josué viveram tempo suficiente para entrar na terra e ambos tiveram participação significativas nas batalhas de conquista de Canaã, muito tempo depois (Nm 14.24,30). É importante notar que Calebe, o qual dissera anos antes que o Senhor destruiria os anaquins, foi o líder do ataque na região de Hebrom. Ele liderou pessoalmente as forças que derrotaram os gigantes e tempos mais tarde recebeu aquela área como herança. 


A perseverança "em seguir ao Senhor" de Calebe (Js 14.14), tornou-se um exemplo para as futuras gerações. Essa fé consistia num descanso calmo e prático em Deus, como o Todo-Poderoso que jamais falha em suas promessas. Acreditar é uma coisa, mas agir baseado nisso, em face de adversários tão assustadores - essa foi a essência da verdadeira fé que Calebe demonstrou e com a qual todos nós podemos aprender.






ATRIBUTOS DE CALEBE

a) Guardava a Palavra de Deus – Calebe não esqueceu acerca do que Deus havia dito dele. Ele não tinha memória curta como muitos crentes, lêem a bíblia, mas não retêm a mensagem. “Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade” Jo 17.17. A Palavra de Deus é a verdade, produz santificação, gera fé, protege o homem do pecado, a palavra de Deus traz vida e vida em abundancia, traz prosperidade e o melhor de tudo traz vida eterna.

b) Tinha discernimento espiritual – quem tem discernimento reconhece uma autoridade espiritual, e não seguem falsos mestres, falsos profetas; mesmo Moisés morto há alguns anos observe como Calebe falou do antigo líder em Js 14.6 “Tu sabes o que o Senhor falou a Moisés, homem de Deus, em Cades-Barnéia por causa de mim e de ti.” Calebe não participou da rebelião de Cora, Datã e Abirão. Sabe por quê? Ele tinha discernimento espiritual. Ele reconhecia que Moises era um líder levantado por Deus para guiá-los. "Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus”. Calebe soube esperar o tempo de Deus o cumprimento da promessa. “esperei com paciência no Senhor, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.” Sl 40.1.

c) Tinha personalidade – homem de personalidade marcante foi calebe “Quarenta anos tinha eu, quando Moisés, servo do Senhor, me enviou de Cades-Barnéia a espiar a terra; e eu lhe trouxe resposta, como sentia no meu coração;”
Calebe não foi com a opinião da maioria que espiou a terra com ele e que viram totalmente contrario a ele. Calebe era um de personalidade marcante, falava como sentia seu coração, não era indeciso, tinha autonomia e responsabilidade.

d) Considerava as pessoas - Calebe apesar de não compartilhar da opinião da maioria, ele não desrespeitou os demais espias que estavam com ele, respeitou as diferenças individuais. Leia Js 14.8 no texto bíblico acima. Mesmo aqueles homens sendo incrédulos receberam toda consideração de Calebe que os chamou de irmãos. Eles erraram mas continuaram sendo irmãos de Calebe

e) Dependia de Deus – “E agora eis que o SENHOR me conservou em vida...”
Calebe sabia que Deus o tinha permitido chegar onde estava, este homem aprendeu a depender de Deus. Depender de Deus é sujeitar-se, está sujeito a sua vontade, deixar o Senhor ser o senhor das nossas vidas. Depender de Deus também implica em confiar Nele, compreendendo o que o Senhor Jesus tem preparado para nós.
“a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita” Rm 12.2

f) Confiava nas promessas do Senhor -“E agora eis que o Senhor me conservou em vida, como disse; quarenta e cinco anos são passados, desde que o Senhor falou esta palavra a Moisés, andando Israel ainda no deserto; e agora eis que hoje tenho já oitenta e cinco anos;” Calebe demonstrou que confiava nas promessas de Deus, acreditava na Sua fidelidade e no Seu poder para cumprir o prometido. “porque Ele não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; por ventura diria ele e não o faria? Ou falaria e não o confirmaria?” Nm 23.19

g) Era cheio de esperança – Calebe era cheio de esperança, confiante na expectativa sobre o futuro. Confiança é esperar com fé o que se deseja. Segundo a bíblia, esperar é confiar na ação do poder de Deus que nunca falha. “bendito o varão que confia no senhor, e cuja esperança é o senhor” Jr. 17.7. Creia em Deus! Tenha esperança, a perseverante confiança no futuro, pois a esperança é uma força motivadora da vida.

h) Não era precipitado – Este “homem de faro” não agia precipitadamente, um homem cheio de vitalidade, animado, aos 85 anos ainda sonhava e tinha certeza que receberia sua herança a Terra Prometida. Calebe soube aguardar a hora exata para não perder a sua benção. A paz é a maneira para sabermos se as decisões tomadas são precipitadas ou não. Se não houver paz no seu coração, aprenda a esperar no Senhor.

i) Homem de coragem - Calebe nos mostrou que não se intimidava diante das adversidades, por isso era corajoso. Ver Js 14.12. Calebe foi habilidoso ao confrontar o medo, a dor, o perigo, a incerteza ou a intimidação. Homem destemido vai alem; enfrenta desafios com confiança e não se preocupa com o pior. O medo existe, mas não o paralisa. O senhor era a fonte de força de Calebe. Ele foi vencedor porque depositou sua fé no criador. “todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e está é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” 1 Jo 5.4


O QUE APRENDEMOS COM CALEBE

1- Que quando temos fé e um espírito excelente, enfrentamos todos os problemas e obstáculos;
2- Aprendo que as promessas de Deus jamais devem ser esquecidas
3- Devemos perseverar em seguir ao Senhor;
4- Uma pessoa não deixa de ser vitoriosa quando envelhece;
5- É preciso ter fé, perseverança,esforço, obedecer a Deus e cultivar o caráter de um verdadeiro cristão, para vencer sobre o mundo;
6- Ser estratégico e seguir princípios para alcançar o sucesso;
7- A ter autonomia, assumir o que faz, ser decidido e responsável;
8- Por causa da fé não desprezar as diferenças, as pessoas, familiares, amigos incrédulas, ou pessoas que erram para conosco;
9- A vida é um dom do Senhor , se estamos vivos é porque Ele permite;
10- Os problemas tornam-se pequenos quando os enfrentamos com coragem, fé, determinação e estratégias da parte de Deus;
11- Pedir as coisas na hora errada é maldição e não benção, mesmo que aparente benção, lá na frente o resultado pode ser desastroso.

Deus prometeu algo para sua vida? Aguarde, a benção chegará. O que fez a diferença na vida de Calebe foi a perseverança. Baseado no livro CALEBE: uma vida exemplar (Malafaia Silas)



FONTES DE PESQUISA

Livro: Quem é Quem na Bíblia Sagrada - Ed. Vida


Internet: http://www.atosdois.com.br/


IMAGENS ILUSTRATIVAS

Google

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lição 02 - Aliança Edênica e Aliança Adâmica

Lição 08 - Culpa, a Prisão da Mente

Lição 12 - Ciúme, o Cabo da Tormenta