Galera de Cristo 11 - Rendei Graças ao Senhor

"Entrem por suas portas com ações de graças, e em seus átrios, com louvor; dêem-lhe graças e bendigam seu nome" - Salmo 100.4

Hora da Verdade: Salmo 135.1-3,21; 136.1-3,26


PAPO SÉRIO

A QUEM E PELO QUE DEVEMOS RENDER GRAÇAS?


A Palavra de Deus fala, do seu começo ao fim, a respeito de dar graças. Seja no Velho Testamento, ou no Novo, o termo "graças" aparece incontáveis vezes.

Para começar, o versículo 18 do capítulo 5 de I Tessalonicenses diz:

"Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco."

Ora, esse texto diz "em tudo dai graças". Em relação a quê devemos dar graças? Em tudo. Que adoração suave é ao Senhor um coração cheio de gratidão!

Desde o Velho Testamento, vemos muitos exemplos de rendição de graças a Deus pelos seus feitos. Seja nos sacrifícios de cordeiros feitos sob a Lei, ou quando os israelistas adoram ao Senhor no templo, lemos que Seus servos sempre rendiam graças.

"E todos os filhos de Israel, vendo descer o fogo, e a glória do Senhor sobre a casa, prostraram-se com o rosto em terra sobre o pavimento, adoraram ao Senhor e lhe deram graças, dizendo: Porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre." II Crônicas 7:3


Atente para o chamado à graças de I Crônicas 16:34:

"Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre. "
Os salmistas são um grande exemplo de que, desde antes do Senhor nos ter redimido em Cristo, os homens chegavam a Deus com cultos de gratidão. Há graças por todo o livro de Salmos! Veja:


• "Então te darei graças na grande assembléia; entre muitíssimo povo te louvarei." Salmos 35:18
• "Os teus votos estão sobre mim, ó Deus; eu te renderei ações de graças." Salmos 56:12
• "Louvarei o nome de Deus com um cântico, e engrandecê-lo-ei com ação de graças." Salmos 69:30
• "Damos-te graças, ó Deus, damos-te graças, pois o teu nome está perto; os que invocam o eu nome anunciam as tuas maravilhas." Salmos 75:1
• "Bom é render graças ao Senhor, e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo." Salmos 92:1
• "Entrai pelas suas portas com ação de graças, e em seus átrios com louvor; dai-lhe graças e bendizei o seu nome." Salmos 100:4
• "Dai graças ao Senhor; invocai o seu nome; fazei conhecidos os seus feitos entre os povos." Salmos 105:1
• "(...) sobem as tribos, as tribos do SENHOR, até ao testemunho de Israel, para darem graças ao nome do SENHOR." Salmos 122:4
• "Cantai ao SENHOR em ação de graças; cantai louvores ao nosso Deus sobre a harpa." Salmos 147:7


Veja quantas vezes as ações de graças são mencionadas! E esses são apenas alguns dos textos. Agora vamos ao Novo Testamento. Paulo escrevendo a Timóteo, em sua primeira carta a ele:"Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens." I Timóteo 2:1. O Senhor espera de nós um coração grato. Quando o agradecemos, rendemos glória a Deus - e isso é a essência de nossa vida terrena! Fomos chamados para engradecermos a Deus com nossas vidas. E como fazemos isso? Olhe o que diz o Senhor na Palavra:

"Aquele que oferece por sacrifício ações de graças me glorifica; e àquele que bem ordena o seu caminho eu mostrarei a salvação de Deus." Salmos 50:23

Preste àtenção o que esse salmo profético diz: "Aquele que oferece por sacrifício ações de graças me glorifica." Seja qual for o nosso chamado em Deus, qual for o nosso lugar no ministério, quais sejam os dons com que o Pai nos tem presenteado: todos nós, os filhos de Deus, fomos criados para dar glória a Ele por meio de nossa existência. Se dar a Ele glória é a essência de nossas vidas, como então faremos isso? A Palavra responde: dando graças em tudo.





 Render graças também é uma atitude de fé. Podemos render graças por coisas que sequer se concretizaram ainda, mas que cremos que acontecerá porque assim o Senhor o diz.
Se estamos enfermos, por exemplo: podemos orar pela cura apenas uma vez e a partir daí apenas render graças - por mais que os sintomas persistam, a Palavra diz que fomos curados em Jesus, então agradecemos! Sua ação de gratidão fará a fé trazer à existência sua cura.
Veja o que diz a carta aos Colossenses:

"Arraigados e edificados nele (Jesus), e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, nela abundando em ação de graças." Colossenses 2:7

Paulo disse aos Colossenses "nela abundando em ação de graças". Nela quem? Na fé! Precisamos estar firmados na fé para render graças - a própria Palavra diz.

 Em muitos momentos, temos que render graças mesmo quando não desejamos fazê-lo. Veja o que diz Efésios 5: "Não haja (...) conversas tolas nem gracejos imorais, que são incovenientes, mas, ao invés disso, ações de graças." Efésios 5:4

Veja que precioso! Podemos trocar reclamações ou palavras torpes por ações de graça! Podemos escolher dar a glória a Deus, ao invés de maldizer - e isso nos trará muitos bons frutos! Eu lhe digo, não há sequer uma situação em que não podemos louvar a Deus. Sempre haverá um motivo de louvor em nosso coração, pois o Senhor é sempre o mesmo - nEle não há sombra de variação. Seja em qual situação que estejamos, Ele ainda é digno de louvor e cuidará de nós! Lembremos do que diz I Tessalonicenses 5:18: Em tudo dai graças.

A partir do momento que decidirmos trocar a reclamação por ações de graças, experimentaremos maiores níveis de louvor a Deus e gratidão a Ele. Suas graças resultarão em glória ao Senhor, e subirão como adoração aceitável a Ele. Um coração que transborda de gratidão é o que o Senhor espera que tenhamos. Essa é a essência para uma vida favorecida! Muitas vezes ficamos ansiosos e preocupados em achar alguma fórmula para resolver os problemas que surgem na nossa frente, quando a simples fórmula para tudo é esta: render graças em todo tempo. Não devemos nos esquecer de que Jesus, em Mateus 14 e 15, quando faz as multiplicações de pães, apenas dá graças para que o milagre aconteça. Ele não pegou os pães e peixes e orou. Ele não disse "Senhor, faça com que haja uma multiplicação! Te suplico que aconteça um milagre!". Não. A Palavra conta que o Senhor simplesmente levantou os elementos ao céu, e rendeu graças - e o milagre aconteceu! Quer vivenciar milagres? Dê graças.

Finalmente, vamos a II Coríntios 4:15:

"Porque tudo isto é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para glória de Deus."

Que poderoso! Em qual quantidade deve haver em nós ações de graças para a glória de Deus? Em abundância! Devemos agradecer uma vez ao mês? Oh não! Devemos superambundar em ações de graças, louvando em tudo, e em todo tempo. De que forma? Superabundante. Quando? Em todo tempo. Seja em boas situações, seja em ruins; seja por coisas pelas quais queremos dar graças, seja por coisas que devemos aprender a dar graças; seja pelo que o Senhor fez, e seja pelo que temos fé que Ele ainda vai fazer: dê graças!

E não se esqueça: essa é a essência de uma vida favorecida!

Deus é bom em todo o tempo, em todo o tempo Deus é bom!


IMAGENS ILUSTRATIVAS

Google

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lição 02 - Aliança Edênica e Aliança Adâmica

Lição 08 - Culpa, a Prisão da Mente

Lição 12 - Ciúme, o Cabo da Tormenta