Galera de Cristo 05 - Quem Você é Depende de Quem Você Segue

"Pois vocês eram como ovelhas desgarradas, mas agora se converteram ao Pastor, Bispo de suas almas" I Pedro 2.25

Hora da Verdade: João 10.1-9


PAPO SÉRIO

A NATUREZA DA OVELHA

Estaremos falando sobre um assunto que mostrará o comportamento do Cristão diante do bom Pastor (JESUS), que toma como símbolo a ovelha; um animal dócil que tem  características singulares as quais nos oferecem muitas lições preciosas.


Observando a natureza da Ovelha podemos aprender:

Que este animal é pacifico - O animal  ovelha não oferece reação quando é apanhada por alguém, mostrando sua mansidão ela se entrega sem resistência. O crente também não pode oferecer resistência quando o bom Pastor fala com ele acerca do caminho que ele deve percorrer , nessa hora o crente deve ser manso e nunca pode resistir a voz do bom Pastor Jesus, quando o crente que representa essa ovelha sentir a sua mansidão reduzir-se no dia a dia, precisa imediatamente pedir socorro a Jesus o bom pastor afim de se manter em lugar seguro. Por isso Jesus se apresenta como manso e humilde de coração. (Mt 11.29), para que o sigamos.

A ovelha precisa ser guiada. O animal ovelha não tem malicia e nem se defende sozinha dos ataques dos lobos e outros animais, por isso facilmente pode extraviar-se do rebanho, elas sempre necessitam ser guiadas pelo pastor. O Crente deve ser como a ovelha: (a) sem malicia no seu coração: "Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia" Ef 4.31 (b) dependente de Deus diante dos ataques "Só ele é a minha rocha e a minha salvação; é a minha fortaleza; não serei abalado". Sl 62.6 e (c) obediente à voz do pastor para não se desviarem para caminhos que irão colocar sua vida em risco; (d) "E há de ser que, se diligentemente obedeceres a meus mandamentos que eu hoje te ordeno, de amar ao Senhor teu Deus, e de o servir de todo o teu coração e de toda a tua alma, darei a chuva da tua terra a seu tempo, a temporã e a serôdia, para que recolhas o teu grão, o teu mosto e o teu azeite; e darei erva no teu campo para o teu gado, e comerás e fartar-te-ás" (Dt 11.13-15). Existem lobos que estão rodeando as ovelhas do Senhor, procurando atraí-las a si e desvia-las do bom caminho ( Jo 10.12, Mt 7.15).


A ovelha conhece a voz de seu pastor. A todo momento ouvimos vozes que tentam nos direcionar. São impulsos do nosso próprio coração, pessoas próximas de nós, as tendências mundanas, o inimigo de Deus, E o próprio Deus. O Senhor fala a todo momento, nos mostra o caminho todas as vezes que paramos para ouvi-lo.  O Evangelho de João, capítulo 10, 1-10, nos fala de como a voz do Senhor está presente em nossas vidas como a voz de um pastor de ovelhas. As ovelhas seguem o pastor pela sua voz. Reconhecem a voz do pastor como segurança, certeza de chegar a algum lugar bom para descanso e alimento.  Não duvidam em momento algum do seu pastor e não dão ouvidos à outras vozes senão a dele. João 10.4 “ E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz.”


A ovelha produz Lã. A ovelha produz lã o tempo todo. Desde que nasce ela produz lã, quanto mais tosquiada mais ela produz, ela não para de produzir, ela não precisa de ninguém para dizer, produza!!!, é algo natural dela, ela não precisa de nenhuma técnica nova, ela simplesmente produz, não para, não depende de nada para isto, ela está sempre gerando alguma coisa, ela frutifica sempre. Cada ovelha em Cristo deve também produzir bons frutos para Deus, escutando sua voz e obedecendo-a. 

“Vós não me escolhestes a mim mas eu vos escolhi a vós, e vos designei, para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.” (Jo 15.16).


A ovelha e o bode. A ovelha simboliza os fiéis filhos de Deus e os bodes os infiéis. "E todas as nações serão reunidas diante dEle, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas. - E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. (Mt 25. 32 , 33). As ovelhas, que sempre foram consideradas um emblema de suavidade, de simplicidade, de paciência e de utilidade, representam aqui os discípulos genuínos de Cristo. Os bodes, que naturalmente são briguentos, lascivos e excessivamente mal cheirosos, eram considerados como os símbolos de homens violentos, profanos e impuros. O Senhor Jesus nos chamou para sermos seus discípulos, seus amigos e suas ovelhas. Antes éramos ovelhas desgarradas, sem pastor, mas agora temos a Cristo como nosso pastor pessoal, poderoso e permanente. “Porque éreis desgarrados, como ovelhas; mas agora tendes voltado ao Pastor e Bispo das vossas almas.” 1 Pe 2.25

O BOM PASTOR

A missão de um pastor é zelar pelo seu rebanho. O bom pastor cuida de suas ovelhas e tem muito carinho por elas, a ponto de arriscar a própria vida para protegê-las de qualquer perigo. Jesus afirma que Ele é o nosso bom Pastor, Aquele que cuida de nós e nos guia pelo caminho certo:

"Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas; e elas me conhecem; assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas. Tenho outras ovelhas que não são deste aprisco. É necessário que eu as conduza também. Elas ouvirão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. Por isso é que meu Pai me ama, porque eu dou a minha vida para retomá-la” (Jo 10:14-17). Jesus conhece cada ovelha de seu rebanho. Não importa se são milhões de pessoas, Ele conhece individualmente cada uma delas; sabe de seus gostos, sentimentos, necessidades, sonhos e desejos... Ninguém nos conhece tão bem quanto Jesus! Quando sabemos que somos reconhecidos por Ele, não precisamos sentir medo ou vergonha de alguma coisa. Temos liberdade para sermos nós mesmos, com a certeza de que Ele nunca irá nos abandonar, por mais que estejamos muito longe de sermos perfeitos. 


Jesus ainda disse que as Suas ovelhas O conhecem. A grandeza do nosso Senhor não permite que O conheçamos em tudo, mas há muitas coisas que podemos e devemos saber sobre Ele. Para isso, precisamos deixar que Ele governe a nossa vida diariamente, através de nossas atitudes e escolhas. Então veremos seus livramentos, sua provisão e o seu cajado nos consolando e corrigindo quando precisamos.





Quando estamos conhecendo alguém, é normal passarmos horas e horas conversando com ela. Certo? Com Jesus é a mesma coisa! Para termos mais intimidade com nosso bom Pastor, precisamos criar um relacionamento pessoal com Ele, através da oração e leitura da Bíblia. E mesmo assim, muita coisa que aprenderemos sobre Ele, virá através de situações que acontecerão em nossas vidas. O importante é continuarmos obedecendo Suas palavras e assim Ele nos guiará sempre no caminho certo. "Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: "Este é o caminho; siga-o" (Is 30:21).


Como posso ter certeza de que sou uma ovelha de Jesus? Veja o que Ele disse: "As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão. Meu Pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode arrancar da mão de meu Pai" (Jo 10:27-29). Jesus disse que suas ovelhas são as pessoas que ouvem as Suas palavras e obedecem, com isso elas têm a segurança da vida eterna. Elas não dão ouvidos a um estranho (Jo 10.5), mas exclusivamente a Ele. Há muitas pessoas que dizem ser cristãs, mas buscam a palavra em outros lugares, fora da Bíblia. Não existe salvação fora do Evangelho, pois é somente nele que Deus revela o seu plano de salvação, ao enviar Jesus para morrer pelos nossos pecados. Jesus confirmou que a Bíblia é o único livro que nos leva ao Pai - "Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade" (Jo 17:17). Por isso, quando alguém busca a solução em outro lugar, ela irá receber a palavra de um outro deus, ou seja, o deus deste século - Satanás (2 Co 4.4). O apóstolo Paulo nos alerta sobre esse perigo: "O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios" (1 Tm 4:1). Por isso, a melhor forma de você e eu estarmos seguros, é entendermos que somos miseráveis pecadores e totalmente incapacitados de andar nos caminhos de Deus. Somos como a ovelha, que é um animal frágil, indefeso, míope e incapaz de cuidar de si mesmo, e quando nos vermos dessa forma, percebemos a grande necessidade de sermos guiados por Jesus - o nosso bom Pastor.

NOSSO RELACIONAMENTO COM CRISTO

Ter um relacionamento pessoal com Jesus começa no momento que percebemos nossa necessidade dEle, quando admitimos que somos pecadores, quando nos arrependemos de nosso pecado e pedimos a Ele que entre em nossos corações para ser a autoridade em nossas vidas. Deus, nosso Pai Celestial, sempre desejou estar perto de nós e ter um relacionamento conosco. Antes de Adão ter pecado no Jardim do Éden (Gênesis capítulo 3), ele e Eva conheciam a Deus de uma forma íntima e pessoal. Eles andavam com Deus no Jardim e falavam diretamente com Ele. O pecado do homem nos separou de Deus. Deus é perfeito e não pode viver no meio de pecado. Antes da morte de Jesus na cruz, as pessoas tinham que sacrificar animais quando pecavam, pois a Bíblia diz que o salário do pecado é a morte. 

Devemos incluir Deus em nossas vidas diárias da mesma forma que faríamos com um outro membro da família, sendo que Ele é muito mais importante! Devemos orar a Ele, ler Sua palavra e meditar nos versículos da Bíblia, com a intenção de conhecê-lO melhor e poder fazer Sua vontade. Devemos orar por sabedoria, que é a qualidade mais importante que podemos possuir. Devemos levar nossos pedidos a Ele, pedindo no nome de Jesus. Jesus disse: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda” (Jo 15:16). Jesus foi Quem nos amou tanto que deu Sua vida por nós, e Ele é o único que pôde construir uma ponte entre nós e Deus. Foi Deus quem enviou Jesus; Eles são um e os dois merecem nossa honra, adoração e louvor. 

Esse relacionamento pessoal com Jesus não é difícil de achar e não há nenhuma fórmula misteriosa para alcançá-lo. Quando nos tornamos filhos de Deus, recebemos o Espírito Santo e Ele começa o trabalho em nossos corações. Devemos orar sem cessar, ler a Bíblia e frequentar uma igreja que acredita na autoridade da Bíblia – todas essas coisas vão nos ajudar a crescer espiritualmente. Confiar que Deus vai nos ajudar diariamente e acreditar que Ele é quem nos sustenta é a forma de termos um relacionamento com Ele. Talvez não vamos ver as mudanças imediatamente, mas poderemos enxergá-las com o tempo, e todas as verdades se tornarão claras.


FONTES DE PESQUISA


http://www.pastorantoniojunior.com.br
http://www.g4vision.com.br/soudejesus
http://www.gotquestions.org


IMAGENS IUSTRATIVAS

Google

Comentários

  1. Amada irmã Daniele, seus estudos tem me ajudado muito na elaboração das minhas aulas. Que o nosso Deus lhe abençoe.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Postagens mais visitadas deste blog

Lição 02 - Aliança Edênica e Aliança Adâmica

Lição 03 - Os Dois Ícones da Igreja Primitiva

Lição 12 - Ciúme, o Cabo da Tormenta