Galera de Cristo 07 - Batismo no Espírito Santo

"Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto" Lucas 24.49

PAPO SÉRIO

O QUE É BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

A primeira obra do Espírito Santo na vida do homem é convencê-lo do pecado mostrando-lhe a necessidade de se converter. (Lc 1.14-17) A conversão real se evidencia pela progressiva separação do pecado (santificação) cujo resultado é a manifestação do o fruto do Espírito Santo. É também o Espírito Santo que nos faz ver a grande necessidade de evangelizar o mundo. Entretanto para executar esta nobre tarefa com eficiência precisaremos de poder, ou seja, de unção, em fim da graça de Deus. Daí a necessidade do batismo no Espírito Santo. A palavra batismo vem do grego baptismós e significa imersão de alguma coisa. Neste ato o crente é envolvido, imerso na plenitude do Espírito Santo e assim ele é revestido com poder do alto.
EVIDÊNCIA DO BATISMO NO ESPÍRITO SANTO
A principal evidência do batismo no Espírito Santo é o ato de falar em línguas, concedidas pelo próprio Espírito Santo e não por nós mesmos. É uma promessa do Pai para qualquer crente em qualquer época em qualquer lugar. Veja as passagens bíblicas abaixo:
  • No cenáculo. (At 2.2,3)
  • Na casa de Cornélio. (At 10.44)
  • Na vida de Paulo. (1 Co 14.18)
Antes do Pentecostes, o Espírito Santo havia descido na vida de várias pessoas como João Batista (Lc 1.47), Isabel (Lc 1.41), Zacarias (Lc 1.7) e Simeão (Lc 2.52). Entretanto não há nenhum registro de que algum desses personagens haja falado línguas estranhas. Mas no dia de Pentecostes, o derramamento do Espírito Santo foi assinalado assim: eles falaram em línguas. Em Atos 2.4 lemos: “E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.”
A FINALIDADE DO BATISMO NO ESPÍRITO SANTO
  • Realizar a obra de evangelização com ousadia, poder e autoridade celestial. (At 1.8; 4.31,33)
  • Produzir mais conversões. (At 11.24)
  • Dar visão dos perdidos. (At 16.9; At 18.9-11)
  • Proporcionar mais intimidade com Deus e assiste em nossas fraquezas. (1 Co 14.4; Rm 8.26)
  • Preparar-nos para receber dons do Espírito Santo para edificação pessoal e crescimento da igreja. (1 Co 12-11)
  • Capacitar-nos a desbaratar o inimigo. (2 Co 10.4,5)
O batismo no Espírito Santo não somente outorga poder para pregar Jesus como Senhor e salvador como também aumenta a eficácia deste testemunho, fortalecido e profundado pelo nosso relacionamento com o Pai, o Filho e o Espírito Santo, por termos sido cheios do Espírito. (Jo 14.26; 15.26,27).

(1) O Espírito Santo revela e torna mais real para nós a presença pessoal de Jesus. Uma comunhão intima com o próprio Jesus resultará num desejo cada vez maior da nossa parte de amar, honrar e agradar o nosso salvador.

(2) O Espírito Santo dá testemunho da justiça e da verdade, os quais glorificam a Cristo. Não somente com palavras mas também no modo de viver e agir.

(3) O batismo no Espírito Santo outorga poder para o crente testemunhar de Cristo e produz nos perdidos a convicção do pecado, da justiça e do juízo. Os efeitos desta convicção se tornarão evidentes naqueles que proclamam com sinceridade a mensagem da Palavra e aqueles que a recebem.

(4) O batismo no Espírito Santo destina-se aqueles cujos corações pertencem a Deus por terem abandonados seus maus caminhos, e é mantido mediante a mesma dedicação sincera a Cristo.

(5) O batismo no Espírito Santo é um batismo no Espírito que é Santo, Assim, se o Espírito Santo estiver realmente operando em nós plenamente, viveremos em maior conformidade com a santidade de Cristo.

À luz destas verdades bíblicas, portanto, quem for batizado no Espírito Santo, terá um desejo intenso de agradar a Cristo em tudo o que puder. Noutras palavras, a plenitude do Espírito complementa a obra salvífica e santificadora do Espírito Santo em nossa vida. Aqueles que afirmam ter a plenitude do Espírito, mas vivem uma vida contrária ao Espírito de santidade, estão enganando e mentindo. Aqueles que manifestam dons espirituais, milagres, sinais espetaculares ou oratória inspiradora, mas não tem uma vida de verdadeira fé, amor e retidão, não estão agindo segundo o Espírito, mas segundo um espírito impuro que não é de Deus. 

COMO RECEBER O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO 
Não existem regras específicas para receber o batismo no Espírito Santo, entretanto podemos desenvolver algumas atitudes essenciais em relação a esta bênção:
  • Obedecer a Palavra. (At 5.32)
  • Desejar. (ter sede) (Jo 7.37-39).
  • Buscar com perseverança. ( Lc 11.13; At 1.4)
  • Confiar que vai receber. (Mc 11.24; 1 Jo 5.14,15)
A busca pelo batismo com o Espírito Santo:
O batismo no Espírito Santo está disponível a todos que perseverarem em buscá-lo, por isso devemos incluí-lo com prioridade em nossos seus pedidos diários e ter confiança que vamos recebê-lo. Ore com alegria e deleite-se no Senhor (Salmos 37.4) Se o inimigo sussurrar que você não vai ser batizado, não creia, continue glorificando a Deus. Satanás sempre vai se opor a este revestimento porque ele sabe que um crente revestido do poder do alto sempre atuará de forma ofensiva contra o reino das trevas. Em Cristo somos mais que vencedores.

FONTES DE PESQUISA
http://www.blogdosemeador.com/discipulado/o-batismo-no-espirito-santo
Bíblia de Estudo Pentecostal - Ed CPAD, Atos 1.8, nota pg 1629

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lição 02 - Aliança Edênica e Aliança Adâmica

Lição 08 - Culpa, a Prisão da Mente

Lição 12 - Ciúme, o Cabo da Tormenta