Galera de Cristo 02 - O Cristianismo Vitorioso

"Graças a Deus que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo" 
I Coríntios 15.57


PAPO SÉRIO 

É REALMENTE POSSÍVEL TER UMA VIDA CRISTÃ VITORIOSA?
Uma pessoa não precisa ser Cristão por muito tempo para começar a imaginar: "Existe mesmo uma vida cristã vitoriosa? Eu tenho somente a promessa do perdão e da salvação eterna de Deus ou será que eu posso realmente ter vitória sobre velhos hábitos e maneiras?" Eu acho que se formos completamente honestos uns com os outros, vamos descobrir que há muitos cristãos fazendo perguntas como estas. E por bons motivos.

Nós só precisamos olhar para os lados para encontrar muitos cristãos vivendo bem abaixo da vitória descrita no Novo Testamento. Eu geralmente tenho encontrado pessoas com problemas imensos e dificuldades tamanhas que até me fazem pensar que não há saída para a situação delas. E eu olho ao meu redor, mesmo entre líderes cristãos, e frequentemente encontro derrota, desânimo e desespero por toda a comunidade cristã. A derrota tornou-se uma norma na comunidade cristã, de tal forma que muitos desistiram dos princípios bíblicos sobre vitória e viraram-se para os princípios humanísticos e psicológicos. Uma indústria inteira de aconselhamento se formou, nos últimos anos, por causa de tanta derrota na comunidade cristã. Consequentemente, a tendência natural é questionar se a vitória de fato existe.

Muito pior do que ver a derrota de tantos cristãos ao nosso redor é ver nossas próprias falhas. Muitos cristãos encontram-se escravizados na lascívia, amargura, raiva, ansiedade e tantas outras atitudes de coração que eles achavam que não teriam mais que enfrentar depois de tornarem-se cristãos. Muitos de nós não precisam ser lembrados que estão derrotados. Nós encaramos nossa derrota todos os dias. Recentemente, uma senhora cristã casada me contou friamente que ela tinha se envolvido com outro homem. A maneira pela qual ela confessou seu pecado não mostrou nenhuma esperança de vitória sobre o relacionamento. Anos atrás, eu confrontei um pastor a respeito de um relacionamento imoral. Ele me disse: "Eu orei e pedi para Deus me livrar dos sentimentos que tenho por essa mulher. Mas, Ele até agora não fez isso. Por isso, eu aceitei esse relacionamento como a vontade Dele para mim." Muitos cristãos aceitaram a derrota como o destino do crente, porque eles parecem não conseguir se agarrar na fonte e caminho de vitória para suas vidas.
Eu frequentemente escuto cristãos citarem as Escrituras para desculpar a falta de vitória deles na vida cristã. Mais do que ninguém, o rei Davi é citado por sua falha. Tal pensamento afirma que ele era, acima de tudo, um homem segundo o coração de Deus. Porém, ele sucumbiu à lascívia, adultério e assassinato. Se ele era um homem de Deus e um líder no reino de Deus, então, por que é exigido de nós sermos melhor que ele? A Bíblia está, certamente, cheia de exemplos de homens bons que acabaram derrotados. O apóstolo Paulo disse: "Pois não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço" (Rom. 7:19). Pedro negou Jesus e Tomé duvidou Dele. Abraão agiu como um covarde quando um rei quis a mulher dele. Moisés fugiu para o deserto Midianita em derrota e medo de Faraó. Dê uma folhada rápida na Bíblia e você poderá facilmente pensar que a vitória para o crente simplesmente não existe.

Mas, há uma outra razão pela qual muitos seguidores de Cristo ficaram presos no esgoto da derrota. Eles sabem que o lugar onde eles estão fede. Eles sabem que a Bíblia descreve um tipo diferente de vida. Muitos querem sair da pobreza do pecado, mas aceitaram uma favela como destino espiritual de moradia. O que muitas pessoas não entendem é que há um proprietário mal e ilegítimo que os tem convencido de que eles devem viver na lama. Eles acreditam nas mentiras de Satanás. Este tem contado a mesma história desde a criação do homem. Ele tenta convencer cada geração de crentes que eles estão destinados a viver na probreza do pecado e que o esgoto espiritual é a regra da vida cristã.

A vida cristã vitoriosa é certamente impossível para nós na nossa própria força e poder. Se deixarmos por nossa conta, vamos permanecer derrotados. Mas, há boas novas para o seguidor verdadeiro de Cristo. Jesus disse que "as coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus" (Lucas 18:27). Nossos Deus é um Deus que se especializa no impossível. Ele já proveu tudo para a nossa vitória. A vida cristã vitoriosa não é só um sonho ou um desejo impossível de ser alcançado para o crente. É uma realidade. Não é somente algo atingível. É algo que já foi alcançado por Cristo.

Jesus derrotou cada um dos nossos inimigos quando Ele morreu na cruz. Acima de tudo, Ele derrotou Satanás. O inimigo é descrito como o acusador. Ele constantemente diz que não há esperança. Ele nos convence que a derrota é o nosso destino. Mas, ele é um mentiroso. As Escrituras nos dizem claramente: "mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou" (Rom. 8:37). A Bíblia diz que Jesus fez uma exibição pública da derrota de Satanás quando Ele morreu na cruz (Col. 2:15). Nós não precisamos acreditar mais nas mentiras do inimigo. A vitória já foi alcançada nos lugares celestiais. Isto é um fato.

Talvez a luta mais difícil que enfrentamos é dentro de nós mesmos. É com isso que o apóstolo Paulo mais lutou em Romanos, capítulo 7. Ele queria vitória, mas confessou que nele (na sua carne) não habitava bem algum. Ele até perguntou: "Quem me livrará do corpo dessa morte?" (Rom. 7:24). Ele mesmo responde essa pergunta, afirmando veemente: "Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor" (Rom. 7:25)! Sim, Paulo experimentou a derrota. Mas, ele também sabia que a fonte da vitória era encontrada em Cristo.
Esta talvez seja a maior verdade que eu aprendi desde que me tornei um cristão. A vida cristã vitoriosa não é algo que eu posso conquistar. É algo que Cristo já obteve para mim. Não é o que eu posso fazer por Ele, mas o que Ele já fez por mim. Não sou "eu", mas "Cristo em mim" que é a grande esperança da vitória. Minha responsabilidade é confiar Nele. Assim como eu confiei em Jesus para me salvar e perdoar, eu posso confiar Nele para me dar a vitória sobre cada desejo maligno com o qual sou tentado. Cristo é minha vitória. Sim, a vida cristã vitoriosa é possível. E é atingível porque Jesus já ganhou a vitória. Nós simplesmente precisamos confiar Nele.

COMO ALCANÇAR A VITÓRIA

Para que as aflições terminem com vitórias, é necessário que o crente esteja seguro de algumas situações que são imprescindíveis em sua vida, como foram na vida dos heróis da fé, em particular, na do apóstolo Paulo (Fp 4.19).

 Ter a certeza de que o Senhor é o seu Deus – Isso nos leva a entender que existia entre o apóstolo e o Senhor um relacionamento muito íntimo, pessoal, familiar: “O meu Deus.” Ele não fala de uma pessoa distante, que faz uma visita esporádica, ou que se lembra quando em vez do amigo. Esse sentimento de posse indica aproximação, estar por perto em todos os momentos.
 Reconhecer o poderio de Deus (I Jo 2.15) – Não existe nada impossível, muito menos difícil para Deus, porquanto Ele é Todo Poderoso, Criador dos céus e da terra (Apocalipse 10.6).

O poderio, as riquezas, as possibilidades de Deus são imensuráveis. Só um Deus extremamente rico pode suprir todas as necessidades de Seu povo.

Um dos nomes pelo qual Deus é conhecido é Jeová Jiré, que significa “O Senhor que Provê.” (Gênesis 22.8)
• A Vitória do cristão não é pequena
O apóstolo Paulo disse: “Ele suprirá todas as vossas necessidades em glória...”( Fp 4.19).

Glória significa: preciosidade, abundância. Entenda, pois, que a sua vitória é grande porque não traz benefícios só para você. Outros também participam.

Muitos cristãos perdem a vitória porque fixam o olhar, o pensamento e a expectativa apenas na luta. Então, ela se torna muito maior. Mas, a Palavra de Deus diz: “Vindo o inimigo como uma corrente de águas, o Espírito do Senhor arvorará contra ele a sua bandeira.” Isaías 59.19.

Pense em um rio cujas águas foram aumentadas por uma enchente. As águas descendo com toda a força da correnteza. De repente, surge um paredão que intercepta aquele volume de água, fazendo-a retroceder.

O cristão deve fixar o olhar não na correnteza, nem no volume de água (que representa a luta), mas no paredão, como diz o versículo, a bandeira que o Espírito Santo coloca para deslocar a fúria do inimigo.

• O segredo da vitória está na fidelidade do cristão
As necessidades do cristão são supridas em glória por Cristo Jesus. Existe uma reciprocidade entre Jesus e seus servos (João 15.7). Este é o grande segredo. A fidelidade do cristão deve ser constante, permanecer por todo o tempo, a cada dia, mesmo que tudo esteja escuro, como se o crente estivesse em um túnel sem enxergar a saída.

• Em lugar de murmurações e medo, o louvor
O cristão que é fiel ao Senhor sente prazer em louvá-Lo.( Sl 147.1) como disse o salmista:“é bom cantar louvores ao nosso Deus, isto é, agradável, decoroso é o louvor.” O louvor faz bem à alma e ao espírito.

Traz alegria, paz tranqüilidade interior. Ao contrário da murmuração que excita, irrita e adoece. O medo em excesso, por sua vez, traz descontrole emocional, insegurança. O louvor do crente em meio às tribulações, confunde o descrente e afugenta satanás.
• Crente convicto é crente vitorioso
O cristão deve estar com a fé firmada em Cristo mesmo que lhe sobrevenham as piores lutas. Os terríveis ataques provocados pelos servos do mal não poderão separar o crente do amor que ele sente por Jesus.

Existe uma certeza indizível, inexplicável no coração do servo do Senhor. Essa certeza está baseada na prova de amor que Jesus demonstrou ao entregar a si mesmo através daquele horrendo sofrimento que culminou com a Sua condenação e, por fim a morte na cruz (Fp 2.7-8).

Que amor insondável!!!. Cada crente deve fazer suas as palavras do apóstolo Paulo: “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo ou a espada.”( Rm 8.35). Nada poderá separar o crente desse amor tão sublime, tão verdadeiro. 

O crente é vitorioso em todas as coisas por aquele que demonstrou o Seu amor (Romanos 8.37).

E, no final, quando tudo terminar, ainda assim, o cristão é mais que vencedor porque a sua esperança não está somente nesta vida, mas sim na vida eterna, com o seu Salvador. O apóstolo também afirmou: “Se esperarmos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.” (2 Co 15.19).

FONTES DE PESQUISA

http://pt.sammytippit.org/content/PT-VCLiving/20078/_realmente_poss_vel_ter_uma_vida_crist_vitoriosa_

http://www.estudosgospel.com.br/estudo-biblico-evangelico-diversos/os-5-segredos-para-uma-vida-vitoriosa.html


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lição 02 - Aliança Edênica e Aliança Adâmica

Lição 03 - Os Dois Ícones da Igreja Primitiva

Lição 12 - Ciúme, o Cabo da Tormenta