Lição 04 - A Importância do Olhar

Se, pois, todo o teu corpo é luminoso, não tendo em trevas parte alguma, todo será luminoso, como quando a candeia te alumia com seu resplendor" - Lucas 11.36

A  CANDEIA DO CORPO

Tanto os seres humanos quanto os animais são dotados de órgãos vitais para o seu bem estar. No corpo humano há muitos, uns mais importantes que outros, mas todos funcionam em plena harmonia, auxiliando-os uns aos outros mutuamente dando bem estar ao corpo. A visão é considerada uma das mais importantes no corpo humano, é avaliada como a candeia do corpo porque recebe luz, necessariamente os olhos precisam ser perfeitos, se os olhos forem bons, todo corpo terá luz (Mt 6.22). Portanto existe também outra visão, à espiritual, essa terá muito mais capacidade de enxergar muito mais que os olhos naturais, porque tem a visão de um mundo imaterial.

DUAS FORMAS DE VER

Existe duas maneiras de ver o mundo, uma com o olhar espiritual e outra com o olhar material! Ver de forma espiritual quem nasceu da água e do Espírito (João. 3:5), vivendo uma vida de constante renuncia à impiedade e às concupiscências mundanas, portando-se sóbrio, justo e piamente (Tito.  2:12), sendo um homem espiritual que discerne bem tudo, pois se assim não for, ele é um homem carnal, vendido sob pecado e que tem os olhos do seu entendimento cegos e não discerne bem, nada!

Quando olhamos para o mundo com os olhos espirituais, mas atentando para o material, vemos um mundo de desigualdade social, mundo que não perdoa e que julga só para condenar, que mesmo em bons atos (generosidades) temos sempre os aproveitadores que fazem do feito bondoso um espetáculo a fim de granjear bens para si, mesmo tendo os olhos fitos em Cristo, é impossível não enxergar a maldade que está enraizada no âmago do homem, sem Deus, sem paz, sem salvação!

O mundo em que vivemos é tão tenebroso como o que os homens do passado, como o mundo em que os heróis da fé viveram (Hebreus 11)! Estamos rodeados de pessoas omissas, mas não despretensiosas, e hoje em dia evidencia a falta de amor e a falta de fé. Se não atentarmos para as sagradas escrituras tememos cair na condenação do pecado, pois a natureza decaída que temos, um dia será revestida da incorruptibilidade, mas enquanto não chega esse dia, temos que nos manter firmes, constantes e abundantes diante de Deus para que a seu tempo Ele nos livre deste presente século mal!

Não vou listar os maus exemplos (somente as Escrituras sagradas citam 372 formas de pecado, e há centenas de outras não mencionadas na Bíblia), pois não se faz necessário, mas citaremos os bons! Talvez você não creia no que direi, mas ainda hoje temos homens como Jacó, que viu a escada posta sobre a terra com Deus no alto dela, e os anjos subindo e descendo por ela; ainda temos homens como Abraão que sacrifica o que mais ama, provando ao mundo que podemos amar a Deus acima de todas as coisas na terra; sem falar nos exemplos de Manoá, Gideão, Josué, e tantos outros, que se encontraram com anjos de Deus e conversaram com eles; homens como Moisés que viu a Deus na sarça, ainda como Isaías que viu a gloria do alto e sublime trono, e ouviu o cântico antifônico enchendo o templo e Ezequiel que viu uma grande nuvem como fogo a revolver-se, e do meio da nuvem saía a semelhança de quatro seres viventes.  E os pastores que viram os anjos que estiveram presentes para falar do nascimento de Jesus e para celebrar esse nascimento quando se deu em Belém; homens como João Batista, que nascido de mulher maior não há; com Davi, segundo o coração de Deus e Daniel, o homem desejado! E todos eles tinham algo em comum, viam o invisível (Hebreus 11:27; Colossenses 1:15).

O que você está vendo hoje em dia? Onde estão postos teus olhos? Infelizmente, o mundo visível aos olhos carnais é um mundo vasto e os olhos cegos dos “pseudos cristãos” modernos não podem ver o invisível, eles mal conseguem enxergar o que estão diante dos seus olhos carnais! Embora não consigam ver o além do que os olhos podem ver, isto não destrói a realidade da criação espiritual. A incredulidade de muitos que jazem na igreja, estão fazendo-os aceitar o mundo vazio e sem sentido que tem a ciência como sendo o guia verdadeiro, esquecendo-nos de que a ciência só ê válida quando trata com coisas materiais, e nada pode saber de Deus e do mundo espiritual.

Precisamos abrir nossos olhos espirituais, ter fé e não nos desculparmos por isso, porquanto a fé é o firme fundamento do conhecimento espiritual e diz mais sobre a realidade última do que as descobertas da ciência. Não somos de forma alguma negligente quanto à ciência, pois Deus revelou-nos que ela se multiplicaria (Daniel 12:4) e nem nos opomos a mesma, mas reconhecemos as suas limitações e nos recusamos a parar onde ela é compelida a parar.

A Bíblia fala de outro mundo, fino demais para ser descoberto pelos instrumentos de pesquisa científica e pela fé nos comprometemos com esse mundo e o fazemos nosso, pois nos é acessível mediante o sangue de Cristo Jesus nosso Senhor e Salvador!

Se crermos, veremos a gloria de Deus e podemos desde já desfrutar a presença de Deus e suas benesses; saibamos porem isso, somente à incredulidade pode privar-nos deste privilégio de vermos espirituais! Cuide dos seus olhos!

A VISÃO ESPIRITUAL

A nossa visão espiritual é a nossa capacidade de enxergar o mundo espiritual e ver claramente o que Deus quer que vejamos, vendo o mundo sob o ponto de vista dEle, mas esta visão espiritual pode ser facilmente obscurecida através dos desejos, interesses e objetivos pessoais bloqueando-a. A visão saudável é aquela que está fixada em Deus. Essa é adquirida em resposta a oração (2 Rs 6.17), muitas vezes para obtê-la somos preparados pela fornalha da aflição (Jó 42.5); pureza no coração (Mt 5.8) e através do novo nascimento (Jo 3.3b); e através do Espírito Santo (Jo 16.14,15). Quando essa visão estiver afetada, para não perder é preciso olhar para Deus (2 Cr 20.12; Hb 12.2), e usar o colírio da graça (Ap 3.18). A visão espiritual não é afetada pela idade avançada, também não é prejudicada mesmo quando o indivíduo perde totalmente a sua visão natural (I Rs 14.4,5).

O OLHAR DE JESUS

Jesus sabia disso e nos ensinou a lição. Ele mesmo transformou a vida de muita gente com apenas um olhar. Certa vez, quando os olhos d’Ele encontraram os de Zaqueu, o cobrador de impostos que estava em cima de uma árvore para vê-Lo passar, o olhar do Senhor causou tanto efeito na vida daquele homem, que ele nunca mais foi o mesmo. As palavras que vieram depois e até o convite para jantar em sua casa foram consequência do olhar com o qual Jesus o amou (Lc 19,1-10).
Diante da mulher adúltera, condenada por todos, Jesus também a amou com o olhar. As poucas palavras a seguir completaram a mensagem, mas acredito que o milagre da restauração de sua integridade aconteceu primeiro por meio do olhar daquele Homem, a quem ela jamais deixaria de seguir (cf. Jo 8, 1-11).
Interessante pensar que o olhar tem o poder de vivificar ou matar, depende de quem o transmite. Jesus sabia disso e optava olhar com amor e assim transmitir vida nova a quem se deixava encontrar por Seus olhos. Seguindo os passos do Senhor, sejamos, hoje, portadores de um olhar de amor e façamos a diferença na vida daqueles cujos olhos se encontram com os nossos.
Tem uma ilustração onde uma mulher sempre olhava para o jardim da vizinha e via as roupas sujas, acinzentadas, pareciam todas mal lavadas. A mulher contava para seu marido e se gabava de não ser como aquela vizinha que era descuidada e fazia seu trabalho de forma relaxada. Isso aconteceu por vários dias até que um dia ela ficou assustada. As roupas estavam brancas como nunca. Nenhuma sujeira. A mulher de forma irônica fala com seu marido: Até que enfim ela aprendeu a lavar suas roupas. Ao que seu marido responde: Não querida. Esta manhã eu levantei mais cedo e limpei o vidro de nossa janela. Muitas vezes a sujeira está no vidro de nossa janela e não no que vemos nos outros. Se seus olhos forem maus, tudo que você olhar será mau. Nossos olhos sempre vêem sob a nossa perspectiva que sempre é tendenciosa e parte do nosso pressuposto. Assim, se nosso coração está cheio de algo, jamais conseguiremos entender como a outra pessoa enxerga ou busca.
FONTES DE PESQUISA

http://formacao.cancaonova.com/espiritualidade/o-poder-de-um-olhar/
http://prelisclementino.blogspot.com.br/2013/11/os-olhos-candeia-do-corpo.html
http://gustavoclementt.blogspot.com.br/2014/06/a-candeia-do-corpo-sao-os-olhos.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lição 02 - Aliança Edênica e Aliança Adâmica

Lição 03 - Os Dois Ícones da Igreja Primitiva

Lição 12 - Ciúme, o Cabo da Tormenta